Descobri que não tenho tanto medo de morrer durante a pandemia. Mesmo que seja uma violência para quem fica, acho morrer coisa normal.
Meu medo é da maldade humana. Quando mais raiva e dor; quanto menos acolhida e riso no mundo, mais medo dos outros eu sinto.
***
Às vezes penso que não é à toa que a narrativa de Caim e Abel está logo no início de Gênesis. Só sei que seu eu fosse Eva, não teria concebido Sete.

Perspectivas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *