O digladiar pelo saldo político da vacina contra covid-19 não deixa nada a dever para uma nobilíssima e cruel arena romana da antiguidade, tomada de cidadãos ociosos, bem vestidos e alimentados, matando o tempo sobre o sangue de estrangeiros e de subjugados.
Enquanto isso, vejo o dia esmaecer e a noite chegar neste planeta girando a milênios, minúsculo e solitário, com ar de graça, frutas docinhas e águas para mergulhar.

O efêmero e o duradouro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *